Residencial Cristo Rei
Saúde

Catarata

10 de novembro de 2017
Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

:: O que é?

É uma opacidade do cristalino. O cristalino é a lente que temos dentro do olho. Quando ela fica opaca, causa diminuição da visão, e não melhora mesmo com o uso de óculos.

:: Como se adquire?

A catarata pode ser congênita (rara) ou adquirida, que é a forma mais frequente.

As cataratas congênitas são aquelas que aparecem nas crianças e podem ser hereditárias (em até 20%) ou por infecções (rubéola, durante a gestação, é a causa mais frequente) ou ainda por desordens metabólicas (diabetes). As cataratas adquiridas podem ter como causa: a idade (é a mais comum é aparece com 60 ou mais anos e é chamada de catarata senil), um trauma, o uso de determinados medicamentos, como os que possuem corticoides; as inflamações intraoculares; as radiações e diversas doenças das quais a diabetes é a mais frequente.

:: Como se trata?

O tratamento da catarata quando a visão não melhora de modo satisfatório com a correção dos óculos é sempre cirúrgico. Essa cirurgia é chamada de facectomia e sempre que possível é feito o implante de uma lente que visa corrigir o grau necessário para uma visão normal para longe. Atualmente a cirurgia da catarata por facoemulsificação permite que o procedimento seja realizado por pequenas incisões. Esta técnica oferece maior segurança e mais rápida recuperação para o paciente.

Exames pré-operatórios vão determinar o grau da lente a ser implantada bem como a melhor técnica a ser escolhida para essa cirurgia. Na criança, quanto mais cedo for feito o tratamento maior será a chance de recuperação da visão e quando a catarata é somente em um dos olhos deve ser feito um rigoroso tratamento para estimular a visão desse olho.

 

Fonte: www.abcdasaude.com.br


Usina Superior