Usina Superior
Bem-estar

Sete erros para não cometer ao comprar um óculos de sol

23 de Janeiro de 2018
Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

É muito importante que as pessoas, ao comprarem seus óculos de sol, prestem atenção à qualidade das lentes, pois só assim é possível ficar visualmente bonita e manter os olhos saudáveis. Além disso, a escolha das lentes corretas e de qualidade é imprescindível, pois a radiação ultravioleta, que vem do sol, pode causar danos no tecido dos olhos, provocando problemas desde a superfície até a parte mais interna.

Atualmente, os óculos de sol são acessórios imprescindíveis tanto por estilo como por necessidade. Além disso, a cada estação, o estilo e as formas variam muito, e com isso é interessante que você conheça os erros para não cometê-los ao comprar os óculos de sol.

:: Erro 1 – Ignorar o fator de proteção do óculos

Apesar de os olhos possuírem mecanismos de proteção contra os raios ultravioleta, isso pode não ser suficiente devido à intensidade e do tempo de exposição. Dessa forma, os óculos solares, quando são de qualidade, têm como objetivo a proteção contra a radiação ultravioleta, bloqueando parte da luminosidade e garantindo menor agressão aos olhos, o que previne contra doenças e promove maior nitidez e conforto. É importante que você leve em consideração se os óculos serão utilizados no dia a dia, na praia ou para a prática esportiva, pois cada modelo, material, tamanho, cor, filtro e tipo de lente possui uma especificação adequada.

:: Erro 2 – Comprar óculos de fonte duvidosa

Os óculos de sol podem ser comprados independentes de serem simples e baratos, desde que sejam feitos de um bom material, pois se a qualidade é baixa, eles poderão provocar tontura e a sensação de estar olhando para um acrílico. Deve-se ter cuidado ao comprar óculos de sol em camelôs, pois, geralmente, eles não têm proteção contra os raios ultravioleta e nem qualidade ótica. Assim, para que você não tenha dúvidas na hora de escolher os óculos de sol, é importante que eles tenham sempre certificado de origem.

:: Erro 3 – Não usar cores de lente adequadas para a situação

As cores das lentes dos óculos de sol devem ser analisadas, pois, de acordo com alguns oftalmologistas, a cor marrom e a fumê são as mais recomendados para dias claros, realçando os detalhes e os contrastes.

:: Erro 4 – Não consultar o oftalmologista

Muitas pessoas não fazem consultas com oftalmologistas para ajudar na escolha dos óculos de sol ideal. Dessa forma, as pessoas não levam em consideração as informações dos óculos de uma forma mais detalhada. Além disso, os óculos são peças muito pessoais e únicas, e por isso, devem ser combinados perfeitamente com cada estilo de vida.

:: Erro 5 – Não atentar para a certificação

Ao comprar óculos de sol, as pessoas não estão acostumadas a verificar se o produto tem a certificação da Associação Brasileira de Produtos e Equipamentos Ópticos. Além disso, as lentes precisarem ser regulares, ou seja, toda a superfície deve ter a mesma espessura.

:: Erro 6 – Esquecer da importância das lentes polarizadas

No caso de passar muito tempo exposto à claridade, como as pessoas que praticam esportes ao ar livre ou passam o dia todo dirigindo, é importante que saibam escolher as lentes corretamente. Assim, para essa situação, o mais indicado é a escolha das lentes polarizadas, que evitam o ofuscamento e deixam as imagens muito mais nítidas e com mais contraste.

:: Erro 6 – Usar óculos que não encaixam bem no rosto

Além da escolha adequada da lente, muitas pessoas possuem dificuldade na escolha de óculos de sol que se encaixam melhor no rosto. Portanto, a dica é que se evite a escolha de modelos que se afastam demais e que tenham lentes pequenas, pois é importante que não exista um espaço grande entre a face do rosto e armação, principalmente porque entra radiação ultravioleta pelos lados.

:: Erro 7 – Não redobrar os cuidados em caso de crianças

Em relação aos óculos de sol para crianças, é importante também que exista uma maior preocupação na correta escolha. Normalmente, pelas características mais sensíveis das crianças, há a chance de sofrer mais com os danos dos raios ultravioletas. Dessa forma, a escolha de óculos de sol não certificados para crianças é sempre muito arriscada, pois é necessária uma proteção adequada para os olhos.

 Fonte: www.clai.com.br


Usina Superior