Residencial Cristo Rei
Beleza

Tratamento de varizes sem repouso

26 de setembro de 2016
Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

As escolhas do tratamento e da técnica empregada para o tratamento das varizes dependem do tipo de veia e da condição clínica de cada paciente. Para isso, hoje em dia dispomos de diversas técnicas que permitem um tratamento rápido, seguro e indolor das varizes com rápida retomada ao trabalho ou as atividades cotidianas. Geralmente, os tratamentos não necessitam de internação hospitalar, sendo feitos de forma ambulatorial. Conheça quais são as técnicas que apresentam excelentes resultados funcionais e estéticos.

Escleroterapia ampliada: praticamente indolor, a técnica permite que várias sessões sejam feitas em um único dia, antecipando o resultado final do tratamento. O tratamento é ambulatorial, dispensando cirurgias e repouso.

Tratamento com espuma: é uma técnica eficaz que permite o tratamento de varizes de grande e médio calibres. Em vez de retirar as veias cirurgicamente, elas são secadas por meio de inserção de uma microespuma guiada por ecografia. O procedimento pode ser realizado no próprio consultório. O paciente pode voltar ao trabalho normalmente durante o tratamento. A técnica também é indicada para pacientes mais idosos, portadores de úlceras varicosas, bem como para aqueles que apresentam alto risco devido às condições clínicas.

Microcirurgia de varizes de pequeno e médio calibre: técnica minimamente invasiva, que pode ser realizada com anestesia local para retirar varizes pouco calibrosas. Apresenta um ótimo resultado estético, não deixando cicatrizes. Não necessita repouso e pode ser feita ambulatoriamente.

Endolaser e radiofrequência: técnica que utiliza o calor para promover o fechamento das varizes. O procedimento consiste na punção de veia guiada pelo uso de ultrassom. Após a fibra óptica ou o cateter é inserido dentro da veia. A ponta do cateter/fibra apresenta uma fonte de calor que “seca” a veia sem a necessidade de retirá-las. O organismo acaba por absorvê-las. A variz tratada com essa técnica permite ao paciente uma vida normal e sem repouso após a alta hospitalar. Agende uma consulta e veja qual é a melhor indicação para o seu caso.

Fonte: Tiago Scherer – Cirurgião vascular e endovascular

  – CRM 30693 –

Telefone: (54) 3311-6862


Usina Superior